1, 2, 1.

Meu primeiro verão com o Pedro foi muito estranho. Ele foi meu primeiro relacionamento e os meses iniciais foram (pelo menos para mim) extremamente confusos. Era difícil lidar com 2 onde, até então, era só eu. Quando ele ficou 3 semanas hospedado na minha casa, tudo que eu fazia, nós fazíamos. Agora eu tinha que... Continue Reading →

eles não vão estar aqui para sempre

Eu gosto muito de traduzir. É algo que mistura várias coisas que amo: leitura, interpretação de texto, escrita. Todo texto me traz informações novas, desafios novos. Sou grata por poder fazer algo que me dá tanto prazer. Final do ano passado, decidi que queria fazer uma pós-graduação em tradução. Pesquisei, olhei, vi minhas opções e... Continue Reading →

a criança é uma pessoa

Esse texto faz parte de uma série sobre a filosofia de ensino de Charlotte Mason. Cada mês, postarei um resumo de um capítulo do livro “When Children Love to Learn: A Practical Application of Charlotte Mason’s Philosophy for Today”. O capítulo de hoje foi escrito por Jack Beckman. "Essa primeira colocação da filosofia educacional de Charlotte... Continue Reading →

a Suzana que o Pedro conheceu

Esse mês de janeiro marca 5 anos que conheci o homem com quem me casei, Pedro, muso-inspirador-mor de muitos textos por aqui. Fiquei nostálgica, olhei fotos velhas, revelei as novas para colocar no álbum. Cada dia que passa ficamos mais distantes daqueles dias ensolarados e sorridentes de Salvador. Que bom para mim! O Pedro entrou... Continue Reading →

O valor do trabalho de Charlotte Mason, hoje

Esse texto faz parte de uma série sobre a filosofia de ensino de Charlotte Mason. Cada mês, postarei um resumo de um capítulo do livro "When Children Love to Learn: A Practical Application of Charlotte Mason's Philosophy for Today". O capítulo de hoje foi escrito por Susan Schaeffer Macaulay. Já há alguns anos, o interesse pelo... Continue Reading →

Charlotte Mason – uma introdução

Tempos atrás, enquanto escrevia minha monografia (que apresentei há mais de 2 anos atrás - nem acredito! Essa minha carinha de 15 anos está cada vez mais distante da realidade), descobri uma filosofia de ensino que me apaixonei! Desde então, comprei material, li e estudei sobre e fiquei abismada ao descobrir que não existe virtualmente... Continue Reading →

o simples não requer ensaio

Eu sou tia pela segunda vez. Achava impossível dividir o amor de tia que era só da Ana Luiza, mas nem precisei. Ele se multiplicou e quem me segue no instagram sabe que esses últimos dias tenho sido, como uma amiga colocou, "tia em tempo integral". Parte da delícia tem sido distrair a Ana Luiza,... Continue Reading →

Homens de verdade amam mulheres fortes

Este texto é uma tradução. O original, em inglês, pode ser lido aqui. Eu já ouvi isso vezes demais: "Um homem gosta de uma mulher quietinha." "Os caras não respondem bem às meninas inteligentes" "Mulheres muito instruídas são intimidadoras demais para atrair bons homens." Eu entendo por que acreditamos nessas coisas. É uma bela história.... Continue Reading →

a produtividade infrutífera

Não sei se eu já disse isso aqui, mas eu amo ser dona-de-casa. Amo! Gosto de cozinhar, de ocasionalmente testar uma receita nova para o almoço, de pesquisar coisas legais para fazer aqui em casa, de receber pessoas...uma das minhas sensações prediletas do mundo é a sensação da casa limpa e organizada! Mas tudo isso... Continue Reading →

Create a free website or blog at WordPress.com.

Up ↑