Homens de verdade amam mulheres fortes

Este texto é uma tradução. O original, em inglês, pode ser lido aqui.

Eu já ouvi isso vezes demais: “Um homem gosta de uma mulher quietinha.” “Os caras não respondem bem às meninas inteligentes” “Mulheres muito instruídas são intimidadoras demais para atrair bons homens.”

Eu entendo por que acreditamos nessas coisas. É uma bela história. Explica o sucesso de algumas mulheres para encontrar maridos, e o fracasso de outras. Como cristãos (e como seres humanos), nos sentimos muito espertos quando podemos diagnosticar a causa e a cura da solteirice. “Você tem muita opinião.” “Você é muito barulhenta.” “A mulher deve ser pequena, calma e delicada.”

No entanto, é fácil esquecer, no meio de todo o nosso diagnóstico: o fato de uma mulher ser “intimidadora” é um fator de percepção do sexo masculino, e não de personalidade feminina. Queremos que as mulheres sejam menos intimidadoras? Essa é uma pergunta a ser feita para os homens que as veem como tal, e só podemos esperar que esses homens cresçam. A verdadeira pergunta que temos que indagar é: queremos que as mulheres sejam fracas? E a resposta deve ser sempre, com base na Escritura, “Que jamais seja o caso.”

Mulheres fortes são tão necessárias como homens fortes para o propósito de Deus na Igreja. Por quê?

  1. Mulheres fortes expõem homens maus.

Eu não posso falar em nome de todos os homens cristãos da terra, mas eu posso falar por mim, e por muitos dos homens na Bíblia: a piedade é atraente para homens e mulheres (Provérbios 31:30). E, muitas vezes, feminilidade divina exige ser forte, até mesmo intimidadora. Considere Jael em Juízes 4. O marido de Jael, Heber “se tinha separado dos queneus” e “estendido as suas tendas até ao carvalho de Zaanaim, que está junto a Quedes” (Juízes 4:11).

Assim, quando Sísera, um general cananeu debaixo do governo de Jabim, rei de Hazor – o inimigo do povo de Deus – tentou buscar refúgio, ele foi para a tenda de Heber “porque havia paz entre Jabim, rei de Hazor, e a casa de Héber, queneu.”(Juízes 4:17). Mas Sísera, ao encontrar Jael na barraca, começou a bradar ordens para ela: “Dê-me um pouco de água” e “Põe-te à porta da tenda, e quando alguém vier e te perguntar: Está aqui alguém? responderás: Não.” Em resposta, “Jael, mulher de Héber, tomou uma estaca da tenda e, levando um martelo na mão, chegou-se a ele mansamente, e cravou-lhe a estaca na fonte, de sorte que penetrou na terra; pois estava num profundo sono e mui exausto. Assim morreu.” (Juízes 4:21). Débora depois cantou de Jael, “Bendita mais que todas as mulheres será Jael (…) Estendeu a mão à estaca, e a mão direita ao martelo dos trabalhadores…”(Juízes 5:24, 26).

Graças a Deus Jael não foi mansa, submissa e respeitosa para com esse amigo de seu marido rebelde. Ela não era uma para ser pisada. Mulheres fortes rejeitam os pedidos de homens maus.

  1. Mulheres fortes corrigem homens bons.

Quando Davi partiu para matar Nabal – o homem impetuoso e bruto que personifica a pura tolice masculina – a esposa de Nabal, Abigail oferece centenas de bolos de figo, pães e odres para Davi. No entanto, ela aproveitou a oportunidade para avisar Davi: “então, meu senhor, não terás no coração esta tristeza nem este remorso de teres derramado sangue sem causa, ou de haver-se vingado o meu senhor a si mesmo.” (1 Samuel 25:31). Em outras palavras, Abigail avisou: “Tenha cuidado. Não use o seu poder de uma forma que depois te deixará culpado.”

Davi respondeu: “Bendito seja o teu conselho, e bendita sejas tu, que hoje me impediste de derramar sangue, e de vingar-me pela minha própria mão!” (1 Samuel 25:33). Nabal logo depois morreu de um ataque cardíaco. “Depois mandou Davi falar a Abigail, para tomá-la por mulher.” (1 Samuel 25:39).

Davi foi atraído a esta mulher forte pela sua força, pela sua repreensão, e por seu caráter. Abigail tornou a vida de Davi mais difícil. E Davi, em um momento de graça, foi capaz de ver que Abigail o impedir foi um presente de pureza para ele. Naquele dia, Davi foi buscar a salvação por si mesmo, mas ela foi oferecida a ele por Deus através de Abigail, que, mesmo enquanto ela estava à sua mercê como súdita, disse-lhe o que ele precisava ouvir.

Mulheres fortes repreendem homens bons, que precisam de ajuda em seus pontos fracos e que precisam de alguém para ajudá-los a ver como devem ser fortes.

  1. Mulheres fortes formam homens crentes.

Não há lembrança mais forte, mais sólida do evangelho em minha vida do que minha mãe. Paulo diz algo muito semelhante de Timóteo: “lembrando-me daquela fé não fingida que há em ti, a qual habitou primeiro em tua avó Loide e em tua mãe Eunice, e estou persuadido que também em ti.” (2 Timóteo 1: 5) .

Em um mundo ideal, homens e mulheres seriam parceiros na força. Mas vivemos em um mundo onde precisamos de mulheres fortes para formar homens fortes, porque às vezes simplesmente não há homens para fazê-lo. O pai de minha mãe morreu quando ela tinha nove anos, e meu próprio pai não estava presente na minha vida o suficiente para ser pai. Então ela fez o trabalho de dois pais – o trabalho de dois discipuladores – tanto para a minha irmã e eu. Assim como Timóteo e Paulo, eu estou muito feliz que Deus nos deu estas dádivas de mulheres fortes para sobreviver a presença inconsistente e consequências dos homens “fortes”.

Claro, algumas das mães mais piedosas tiveram filhos bem distantes disso, e vice-versa. Mas numa época em que os pais muitas vezes fracassam em passar a fé para os seus filhos, o futuro muitas vezes paira sobre a força das mulheres para fazer esse trabalho evangelístico.

Seja como filhos ou discípulos, mulheres fortes formam homens crentes.

A beleza da força e da fé

Vivemos em uma época em que as mulheres estão superando os homens em muitas áreas de competência profissional e pessoal. E os homens têm duas opções: encontrar a força feminina cativante e atraente, ou ficarem inseguros e intimidados. Homens de verdade amam mulheres fortes, porque a glória de Deus é linda, e “a mulher é a glória do homem” (1 Coríntios 11: 7).

Jesus, dê aos homens a graça de ver a beleza que há na força feminina cheia de glória. Dê às mulheres a capacidade de resistência para permanecerem fortes o suficiente para que os homens certos as considerem belas pelas razões certas. E ajude homens e mulheres a amarem a fé sincera e provada que é “mais preciosa do que o ouro que perece, embora provada pelo fogo” (1 Pedro 1:7).

créditos da imagem

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: