esse banheiro não é real

Outro dia, estava planejando uma aula sobre os cômodos da casa para meus 3 alunos adolescentes. Fui pesquisar no bom e velho Google imagens para colocar na minha apresentação. Digitei “banheiro” e isso foi o que apareceu:
banheiros
(Pode tentar, certamente vai ter um resultado parecido)
Eu ia pegar uma imagem, mas parei e pensei: quem tem um banheiro assim?! (Como boa dona-de-casa também pensei: “nossa, que trabalho deve dar lavar isso tudo!”)
Não me entendam errado, com certeza tem gente que tem banheiros assim em casa. Talvez você conheça alguns… e não há absolutamente nada de errado com isso! Mas sinceramente, o seu banheiro e da maioria dos seus amigos parece com esse?
No meu caso, não. Mas a internet diz que é assim que meu banheiro deve ser. É inevitável olhar e logo surgir na sua mente: “nossa, que lindo, nem parece o lá de casa…”. Mas não precisa procurar fotos para sua aula. Entre no Pinterest e procure receitas para o seu almoço:
lunch
Procure sobre férias, festas, comidas, programas de fim de semana, relacionamentos… tudo bem iluminado, tudo lindo, tudo reluzente, tudo fotogênico.
Só que esta não é a vida real. E o problema não é (só) que a internet nos mostra uma realidade distorcida, é que ela estimula em nós o desejo de tê-la. A internet nos deixa insatisfeitos.
Ao invés de olharmos os lírios dos campos, olhamos as vitrines do shopping. Não consideramos as aves do céu, e sim os sucessos alardeados na nossa timeline. E dia após dia, vamos esquecendo de nos contentarmos com o que temos. É o contrário do que o mundo prega afinal – de um lado nos dizem: “se esforce mais! Se dedique mais! Trabalhe mais um pouco! Assim terá mais e será mais feliz!” Do outro dizem: “não é justo eles terem tanto e nós termos tão pouco! Eles deveriam ter menos para que nós tivéssemos mais. Assim tudo seria mais igual e aí todos seriam mais felizes!” A raiz de ambos os corações é a mesma: descontentamento.
“Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.” (1 Timóteo 6:6-8)
Olhamos esses banheiros espetaculares e esquecemos de agradecer pelo nosso – 1 em cada 3 pessoas no mundo não tem saneamento básico.
Olhamos esses pratos fantásticos e esquecemos de agradecer pela comida simples que Deus nos dá – a cada 4 segundos, 1 pessoa no mundo (talvez até bem perto de você) morre de fome.
Olhamos as roupas maravilhosas dos blogs, das revistas, das lojas e esquecemos que muito provavelmente alguém está andando por aí com as nossas roupas velhas.
Mas quem se lembra disso com o constante fluxo de perfeição forjada que nos enche os olhos? O mundo segue, “satisfazendo cada necessidade/desejo/vontade de tal maneira que eles só podem dar origem a necessidades/desejos/vontades ainda mais novos.” (Bauman)
Cada dia, percebo que toda essa conectividade tem o potencial de despertar o que há de pior em nós: queremos nos comparar, precisamos ser melhor, precisamos ser alvos de inveja, desejamos ter mais. Antes de eu nascer, The Stone Roses já cantavam: “I wanna, I wanna, I gotta be adored…” Enquanto isso, em toda a história da humanidade, Deus sussurra: “Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes…” (Hebreus 13:5)
Enquanto no universo paralelo do Instagram temos pratos bem estruturados, mesas bem compostas e até foto do cardápio (oi?), confesso com plena alegria que minha vida real tá mais assim:
IMG_7520
Comendo empadão na pracinha. Agradeço pela privada que limpo, pelo arroz e feijão que saem na hora, pela roupa limpinha com cheiro de amaciante. Isso é o que Deus tem me dado, e Ele viu que era bom.
E é.
“Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”. (1 Ts 5:18)
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: