antes só

Não lembro quando o percebi pela primeira vez, mas desde que eu me entendo por gente, lá estava ele bem na minha frente.

A princípio, fiquei fascinada. Ele me mostrava tudo que precisava melhorar, me conhecer, me disfarçar. Me sentia em controle. Reflexiva, parecia madura.

Mas o encanto durou pouco.

Não importava o quanto me esforçava para melhorar…ele só me apontava quão fracas eram as minhas tentativas. Quando tapava um buraco, outro maior aparecia. Comecei a ficar desesperada. Como atingir a perfeição que ele me cobrava?

A noite, não conseguia dormir e rolava na cama esbarrando nele: me olhando, frio, imutável, me mostrando que o tempo passava e eu não melhorava. Muito pelo contrário. Cada marca do passado se encontrava ali e me cobrava um progresso…progresso que nunca alcançava.

A suposta maturidade deu margem a uma auto-reflexão frenética. Quanto mais olhava para ele, mais eu via e mais eu queria ver. Quanto mais eu via, mais me desagradava.

Mas ele se tornou o meu companheiro. E eu olhava para ele. Não conseguia ver mais nada, ninguém. Tentava olhar para os outros, e ele se colocava na frente. Não conseguia enxergar nada além dele, nem eu mesma. Quando me diziam que eu era horrível, ele confirmava. Quando me diziam que me amavam, ele perguntava: como? E olhando para ele, não conseguia responder.

Percebi que o espelho não pode ser meu melhor amigo.

“I could try and point the finger,
But the glass points in my direction.
Sure, you’ve got your sharp edges,
But my wounds are for my own reflection…”
(Jon Foreman)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: