o resultado de uma eleição

Ontem às 20:15, não posso negar: estava decepcionada. Não aquela decepção dramática e teatral com xingamentos e lágrimas, mas no fundo do meu coração senti um incômodo. Fiquei triste ao ver que a desonestidade não foi punida. Fiquei com uma sensação de: “poxa, eles fazem tanta coisa errada e se dão bem ainda!” Talvez com um novo presidente seria frustrada novamente, mas pelo menos teria um impulso para ter esperança mais uma vez. O impulso se foi, e ficou a dúvida: como seriam os próximos 4 anos? Porque eu tinha a sensação de que se o resultado fosse diferente eu teria alguma ideia de como seria o futuro? O que me dá segurança? Governos? Economia? Homens?

E fui dormir assim.

De manhã, meu noivo pegou a bíblia e fomos ler o Salmo 73. Davi tem um jeitinho de saber o que penso e expressar o que sinto.

“Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios.
Porque não há apertos na sua morte, mas firme está a sua força. Não se acham em trabalhos como outros homens, nem são afligidos como outros homens. Por isso a soberba os cerca como um colar; vestem-se de violência como de adorno. Eis que estes são ímpios, e prosperam no mundo; aumentam em riquezas.” (Salmos 73:3-6, 12)

Vendo isso em minha volta, no jornal, no governo, na vida… pensei como Davi:

“Na verdade que em vão tenho purificado o meu coração; e lavei as minhas mãos na inocência.” (Salmos 73:13)

É vão! Tudo é em vão. Qual a utilidade de perseverar em ser boa e piedosa? Nenhuma!

“Quando pensava em entender isto, foi para mim muito doloroso; Até que entrei no santuário de Deus; então entendi eu o fim deles.” (Salmos 73:16-17)

E aí entendi: e daí? Eles estavam ricos e felizes, mas do que isso adianta? Eu sei o fim dessas coisas. Porque desejar isso? Porque aspirar a prosperidade se esse for o preço? Porque invejar algo que custa a consciência, que vem banhado em sangue? São pessoas que fazem tudo por dinheiro, um bem tão efêmero, tão passageiro…

Quanto a minha insegurança, concluo:

“Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti. A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre.” (Salmos 73:25-26)

Advertisements

One thought on “o resultado de uma eleição

Add yours

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: